DESIGN BRIEF

REGULAMENTO (Português)

// Apresentação

O concurso “BIODESIGN” tem por objectivo desafiar jovens Designers e finalistas dos Cursos de Design em Portugal a desenvolver propostas de design de produto que resultem de uma aplicação inovadora e sustentável utilizando bio-materiais (Bio-Based Materials). Trata-se de uma iniciativa experimental no âmbito do design de produto que explora o universo da bio matéria, nomeadamente os materiais e ingredientes de origem orgânica e o seu cruzamento com as tecnologias digitais.

O Concurso está integrado numa iniciativa mais alargada denominada “BIODESIGN – Meanings of Design for a Circular Bio-Economy” que tem por objetivo refletir, desenvolver e disseminar conteúdos criativos sobre o tema, culminando no desenvolvimento de protótipos originais desenvolvidos em ambiente Fab Lab (tecnologias de fabricação digital).

// Desafio

As propostas a apresentar deverão ser contextualizadas no tema “BIODESIGN – Meanings of Design for a Circular Bio-Economy”, nomeadamente a utilização de biomateriais comercialmente existentes (ou em fase de implementação) e utilizá-los em soluções de Design inovadoras orientadas para novos públicos e mercados, considerando os princípios da Sustentabilidade e da Economia Circular.

O desafio é projetar um objecto de acordo com as tipologias propostas no briefing (ver lista de tipologias) utilizando bio-materiais  comercialmente disponíveis (ver lista de sugestão de materiais) e possíveis de serem protótipados utilizando tecnologias de fabricação digital – Impressão 3D , CNC, Corte laser, Torno, Impressão digital, etc. Solicita-se atenção à escala dos objectos, tendo em conta os limites físicos permitidos pelas tecnologias selecionadas pelos candidatos.

// Tipologias

Os projectos a apresentar no âmbito do concurso deverão obrigatoriamente pertencer a uma das seguintes tipologias:

Tipologia 1 Mobiliário (pequena peça ou utilização de estrutura modular).
Tipologia 2 Luminária
Tipologia 3 Acessório (p.e. casa, escritório, moda, souvenir)
Tipologia 4 Livre – pequena escala (terá de ser enquadrável e justificada no âmbito do tema da Economia Circular). 

// Lista de Materiais e Tecnologias

Examplos de materiais e tecnologias que poderão ser considerados:

FORMATOS OPÇÕES DE MATERIAIS TECNOLOGIA FAB LAB
FOLHAS / TÊXTEIS

(materiais naturais)

Folhas de papel ou tecido de Alga, Banana, Cogumelo, Vinho, Cortiça, Látex (borracha natural), Cacau. Corte Laser, Corte, Costura
FILAMENTOS

(p.e. PLA com biopolímeros e outros materiais naturais)

Filamento de Bambu, Madeira, Cortiça, Algodão, Pedra, Argila, Algas, Café Impressão 3D
BLOCOS / PLACAS Blocos/ Placas de Bambu, Cortiça Expandida, Espumas (materiais naturais) Fibra de Coco. Fabricação subtrativa – CNC, Torno, Corte Laser
GROW IT YOURSELF MATERIALS Cogumelos Produção de Moldes com CNC ou Impressão 3D
GRÂNULOS

(com a adição de uma Resina Natural)

Grânulos a partir de resíduos  de café,  cacau, cana de açúcar. Produção de Moldes com CNC ou Impressão 3D
SUBSTÂNCIAS LÍQUIDAS / MOLDÁVEIS Látex líquido, Cera de abelha (grãos para fundir), Cera de soja (flocos para fundir) Produção de Moldes com CNC ou Impressão 3D

// Participantes

A participação no concurso “Biodesign” tem uma única categoria Jovens Designers abrangendo nesta categoria os recém licenciados (designers que tenham concluído a licenciatura ou mestrado em design há menos de 5 anos) e estudantes de design finalistas (que estejam actualmente no último ano da licenciatura ou mestrado em design) à data da submissão da proposta. A idade máxima dos participantes é de 30 anos à data da submissão da proposta. O concurso está aberto a participantes de nacionalidade portuguesa ou estrangeiros com residência em Portugal.

Os participantes poderão apresentar projectos a título individual ou colectivo, sem limite de número de projetos. No caso da participação ser em colectivo deverá ser nomeado um representante para fins de comunicação e todos os participantes deverão cumprir os critérios definidos de “Jovem Designer”, nomeadamente idade.

// Inscrição no Concurso e Submissão de Proposta

Para a formalização da participação no concurso “BIODESIGN”, deverão ser considerados os seguintes procedimentos:

É obrigatório o preenchimento da ficha de inscrição on-line e submissão das propostas de acordo com o procedimento descrito na área REGISTER & SUBMIT PROPOSALS. Nessa mesma área os participantes poderão encontrar as instruções de como fazer o upload das propostas em formato digital.

A cada inscrição deverá corresponder um registo e processo de submissão. Caso o(s) candidato(s) queiram, submeter mais do que uma proposta, deverão realizar um registo independente por proposta.

É obrigatória a submissão on-line das propostas, devendo estas ser preparadas em suporte digital. Para o efeito são admitidos os seguintes formatos: PDF; DOC; JPEG; TIFF; SWF; AVI; MPEG. Caso seja enviado mais do que um ficheiro, os mesmos deverão ser compactados (ZIP ou RAR), até um máximo de 5GB, que deverá incluir todos os elementos solicitados (ver elementos para a apresentação dos projectos em baixo).

//  Elementos para a Apresentação dos Projectos

A entrega (submissão on-line) para todas as tipologias deverá incluir os seguintes documentos com a apresentação de proposta desenvolvida:

a) Ficha de Inscrição on-line.

b) Memória Descritiva (até 2 páginas A4, com: Nome do projecto,  Descrição de conceito, Indicação de materiais e tecnologias de fabricação digital a utilizar para a produção do protótipo. Sempre que possível deverá ser realizada uma previsão orçamental, nomeadamente custos previstos com os materiais necessários à execução do protótipo.

c) Visualizações tridimensionais (3D / Renders) do objecto.

d) Desenhos técnicos do objecto.

e) Fotografias (conceito, estudos, maqueta, modelo) – opcional.

f) Outros considerados relevantes (p.e. videos) – opcional.

Notas //

Formatos admitidos: PDF; DOC; JPEG; TIFF; SWF; AVI; MPEG

Imagens em alta resolução: Sempre que possível deverão ser enviadas imagens em alta resolução, ou em alternativa, as mesmas serão solicitadas em fase posterior aos participantes do concurso, para efeitos de impressão dos suportes gráficos do concurso.

// Calendário

O calendário do concurso integra as seguintes fases:

Fase do Concurso Data
1. Abertura do Concurso e lançamento do Brief aos jovens designers. 26 Junho 2018
2. Prazo limite de registo e entrega de propostas, incluindo: Ficha de inscrição e ficheiros com a proposta de acordo com o regulamento.  As propostas deverão ser submetidas on-line no site do projeto em http://www.design.bio.com. 29  Julho 2018

(até às 24h).

3. 5 or 6 propostas serão selecionadas pelo Júri e os autores convidados a desenvolver os protótipos das suas propostas. Serão agendadas reuniões individuais para o planeamento dos protótipos (via skype ou presencial). Entre 30 de Julho e 5 de Agosto 2018
4. Os protótipos serão desenvolvidos em ambiente Fab Lab no FabLab Lisboa, Design Factory Aveiro ou outros espaços FabLab (a combinar com os participantes dependendo da sua área de residência e disponibilidade das respectivas entidades). Entre 6 de Agosto e 5 de Setembro 2018
5. Os protótipos finais serão integrados em uma ou mais exposições da iniciativa Biodesign, assim como nos seus suportes de comunicação. Entre 15 de Setembro e 15 de Dezembro 2018
6. O vencedor do concurso será anunciado por ocasião do exposição Biodesign  a realizar em Lisboa. A anunciar

// Prémios

O júri selecionará uma proposta vencedora, a qual receberá um prémio no valor de 500€ (quinhentos Euros), assim como facilitará a aquisição de materiais para a produção do protótipo até um valor máximo de 200 €.

Serão ainda atribuídas até um máximo de 5 Menções Honrosas às quais serão facilitadas a aquisição de materiais para a produção de um protótipo por proposta até um valor máximo de 200 €/cada. O valor efectivo por protótipo será discutido com os vencedores das menções honrosas tendo em conta os materiais necessários para a concretização dos protótipos.

Ao todos os projectos vencedores (incluindo as menções honrosas) será atribuído um certificado de participação no Concurso Biodesign e será garantido a promoção dos projectos nos suportes de comunicação projecto, nomeadamente no site do projecto e em uma ou mais das exposições previstas (Lisboa, Porto e/ou Aveiro e Londres).

// Critérios de Avaliação e percentagens atribuídas a ser consideradas pelo Júri na Selecção de Propostas

Critério % pontuação
1. Originalidade do tema selecionado e inovação da proposta 20%
2. Integração no âmbito da Economia Circular 20%
3. Adaptação da proposta às potencialidades tecnológicas dos biomateriais selecionados 20%
4. Viabilidade e facilidade de produção da proposta com tecnologias de fabricação digital 20%
5. Definição de mercados alvo e sector comercial específico 10%
6. Qualidade de apresentação visual da proposta 10%
TOTAL 100%

// Condições Legais do Concurso

. Os projectos incompletos ou em formatos que não os requeridos, serão excluídos do concurso.

. A Realização de Protótipo das propostas vencedoras está condicionada à possibilidade de produção das mesmas através de fabricação digital.

. Aos vencedores do concurso serão solicitadas  imagens do projecto de alta resolução, assim como os direitos de utilização das mesmas, para incluir no catálogo e suportes promocionais do projecto.

// Júri

//O Júri para a avaliação e selecção dos projectos submetidos a concurso é constituído por:

. Direção SUSDESIGN (Portugal, Reino Unido) Designer Doutora Ana Mestre.

. Direção House of Design (Holanda), Designer Eileen Blackmore.

. Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Materiais (Portugal), Professor Doutor Jorge Lino.

// Avaliação do Juri

. O Júri Internacional do Concurso Biodesign  será convocado para a selecção do projeto vencedor e menções honrosas após o período de recepção de propostas.

. O júri reserva-se o direito de, de forma fundamentada, não atribuir os prémios. Neste caso, a organização reserva-se o direito de não incluir as propostas nas exposições e suportes de comunicação do projecto Biodesign.

. Os membros do júri, seus afiliados e colegas das suas instituições não podem concorrer ao prémio.

. As deliberações do júri, devidamente fundamentadas, sobre os trabalhos premiados têm que ser tomadas por maioria dos votos. Em caso de empate, prevalecerá o voto do Presidente do Júri (representante da SUSDESIGN).

Outras dúvidas acerca dos aspectos legais dos Projectos poderão ser esclarecidas junto da SUSDESIGN em info@susdesign.com

// Exposição Pública e Coleção “Biodesign”

Complementarmente ao desenvolvimento dos projectos e protótipos de Design, a iniciativa Biodesign integra ainda as seguintes fases:

1//Desenvolvimento de website que incluirá conteúdos de investigação relativamente ao tema Biodesign, assim como uma área dedicada aos projectos desenvolvidos pelos Jovens Designers.

2//Desenvolvimento de uma ou mais exposições onde os projectos dos Jovens Designers serão integrados e mostrados aos público, até ao final de 2018 em datas e locais a anunciar.

3//Eventual proposta de comercialização das peças, sob a marca “Biodesign” by SUSDESIGN. Esta fase está dependente da viabilidade produtiva das propostas selecionadas. Um contrato de prestação de serviços / agenciamento será proposto aos autores considerando 5% de royalties sobre o PVP da peça.

Mais informação sobre a exposição e a coleção Biodesign serão reveladas aos autores durante o último semestre de 2018.

Mais informações em actualização em http://www.design-bio.com